REGIÃO SUL
Festa da Padroeira vai até sábado no quilombo da Caçandoca

A Festa da Padroeira no quilombo da Caçandoca começou nesta quinta-feira, 12 de Outubro, com uma “Moto romaria”, procissão marítima e missa. A celebração lembrou os trezentos anos do aparecimento da imagem de Nossa Senhora nas águas do rio Paraíba do Sul.

Após a celebração religiosa, aconteceram apresentações culturais do Maracatu Itaomi e O Grito de Maria. No almoço, o prato Azul Marinho é a atração. A festa termina no próximo sábado, dia 14.

Mário Gabriel do Prado, 40 anos, liderança do quilombo da Caçandoca, considera que a festa está melhor a cada ano, graças à integração entre pessoas das religiões católica, evangélica e de matriz africana. “A celebração é em prol de nossa senhora aparecida, mas a união da comunidade para fortalecer a festa e fazer com que ela aconteça, a cada ano está ficando mais forte.”

A oficina de pau a pique abre a programação desta sexta-feira, dia 13. A oficina é gratuita e começa às 9 horas. “A gente vai estar ensinando como se fazer uma casa de pau a pique e também faremos o barreado, o fechamento dessa casa de barro, no modo tradicional”, explica Prado. Às 16 horas começa a oficina “Dança com P” com a coreógrafa Vanessa Soares. No dia 14, às 16 horas, a Caçandoca recebe o espetáculo “Banzo”, com o grupo AGÔ Performances Negras.

PROGRAMAÇÃO

13 de Outubro
9:00 Oficina do Tradicional Pau a Pique
16:00 Oficina de Dança com Vanessa Soares
21:00 Lual no Quiosque do Gugu

14 de Outubro
11:00 Atrações diversas Fundart – Fundação de Arte e Cultura de Ubatuba
16:00 Espetáculo Banzo com Will Vieira e Vanessa Soares

FOTOS DO PRIMEIRO DIA DE FESTA (12/10/2017):