POLÍTICA
Alckmin ‘dá o bolo’ em inauguração de padaria

O governador Geraldo Alckmin (PSDB) cancelou sua visita a Ubatuba anunciada para a manhã dessa sexta-feira, frustando apoiadores e um pequeno grupo de manifestantes que compareceram à inauguração do polo regional da Padaria do Fundo Social de Solidariedade de São Paulo, no prédio do Terminal Turístico do Perequê-Açu.

O prefeito Délcio Sato (PSD) chegou ao evento acompanhado do deputado federal Samuel Moreira (PSDB), que foi apresentado como “representante do governador”. Coube a Moreira a tarefa de explicar o motivo da ausência do governador. Segundo ele, o governador naquele momento estaria em São Sebastião para acompanhar uma explosão de rocha que é parte das obras da construção de um túnel. “Ele atrasou para chegar lá em função das condições do tempo”, justificou Moreira. De lá, o governador seguiria para Bananal.

Se tivesse vindo a Ubatuba, Alckmin teria visto as crianças da Guarda Mirim enfileiradas em corredor para lhe prestar continência na chegada e, na saída, os adolescentes de uma escola particular de dança segurando placas com letras de modo a formar a frase “OBRIGADO ALCKMIN”. Mas teria visto também os cartazes protestando contra o sucateamento da educação pública e exigindo saneamento básico. Moreira culpou a crise econômica pela atual situação do Estado.

PACIÊNCIA

Sato falou sobre o polo de Padaria que funcionará no prédio que é do município, mas que foi montado com recursos do Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo. A prefeitura promete criar outros cursos no local que deverá servir como Centro de Capacitação Profissional, que deve ensinar oficios também na área da estética e construção civil.

O prefeito Sato, ao fazer uso das palavras anunciou investimentos de empresas privadas em áreas como educação e turismo náutico. Ele fez elogios ao próprio governo citando como pontos positivos a inauguração do polo da Padaria e do Teatro que estava fechado desde 2013 por falhas na segurança do prédio causadas pela execução da obra fora da conformidade com o projeto original durante o governo Eduardo César (PSDB, ex-DEM).

Sato prometeu ainda realizar em breve a iluminação de praias com LED, a reforma da orla da avenida Iperoig e a construção de escolinhas de surf. Disse ainda que aguarda a liberação de uma verba de três milhões de reais para fazer uma “adequação” do Estádio Municipal ao qual se referiu como “Arena Ubatuba”.

Outras áreas terão que esperar. “Sabemos também que existem muitas coisas para melhorar, um exemplo é a Saúde”, admitiu o prefeito. “Mas nós não vamos conseguir resolver a saúde da noite pro dia, mas paralelo aos nossos serviços, estamos galgando espaço para que lá na frente nós tenhamos uma saúde melhor”, prometeu sem precisar prazos e estratégias. Sato apelou à paciência da população. “Pedimos um pouco mais de paciência da população. Sabemos que é tão urgente o que nós precisamos, mas nós estamos trabalhando bastante”.

Ao final da cerimônia de descerramento da placa de inauguração do espaço do polo da Padaria, o prefeito, o secretário e vários políticos da região puderam entrar e conhecer o espaço. Não pudemos conferir como é a sala e os equipamentos da padaria, uma vez que o acesso de nossa reportagem foi impedido pessoalmente pelo chefe de gabinete Ronaldo Dias Júnior.

*Texto: Leandro Cruz / InforMar Ubatuba